Preparativos para evento sobre a Doença de Alzheimer na Câmara-SP

Cada dia me convenço mais e mais que as redes sociais promovem verdadeiras mágicas! Mágicas em 140 caracteres!

Há dois dias soube de uma reunião para discutir um evento sobre a Doença de Alzheimer (DA) por meio do twitter da assessora parlamentar do Vereador Gilberto Natalini (PV), Luciana Feldman (@lufeldman). Como se trata de interesse para a Reabilitação Gerontológica, logo me arvorei em prestar alguma contribuição na organização ou apoio ao evento. Para minha surpresa, Luciana me respondeu prontamente nos 60 segundos que se seguiram à minha “twittada inocente” e me convidou a participar, o que, claro, aceitei de pronto. Mágica em menos de um minuto e  que nem consumiu o limite dos 140 caracteres…

A primeira lição do dia, portanto, foi a certeza de que a participação da comunidade é bem vinda na Casa do Povo. Nossos vereadores se interessam por nossas reivindicações e ajudam a orquestrar um trabalho onde o cidadão é protagonista. Têm “olho de lince” para captar os especialistas que podem colaborar em ações práticas de onde é possível brotar ainda mais participação popular.

Ao chegar na reunião descubro o privilégio de participar de uma mesa muito enxuta, mas justamente com quem faz a diferença: Luciana Feldman, a anfitriã; Vera Caovilla, atual tesoureira da Associação Brasileira de Alzheimer (ABRAz) com quem tive o prazer de reencontrar depois de nosso relacionamento no Talentos da Maturidade; e Ana Paula Procópio, da Danone, empresa que apoiará o evento. O vereador sentou-se brevemente à mesa conosco, mas suas “intervenções cirúrgicas” trouxeram todo o conteúdo e objetividade de que precisávamos para definir o formato do evento.

Na ponta, o vereador. Eu, à esquerda, Ana Paula à direita (superior) e Vera ao seu lado.

Na ponta, o vereador. Eu, à esquerda, Ana Paula à direita (superior) e Vera ao seu lado. Luciana está segurando a câmera…

Ficou decidido, então, que a Câmara Municipal de São Paulo lançará em maio (data pré-agendada: 20/05/2013, das 9 às 13 horas) um evento de sensibilização para o impacto da DA nas famílias e nas políticas públicas, como parte do ciclo de debates intitulado “Município Saudável”. A proposta é que ocorra uma abertura com coffee de recepção, uma mesa com os principais dirigentes e atores  políticos e três palestras subsequentes, de 20 minutos cada. Contaremos com a visão de um médico, de um dirigente de associação e de um cuidador para as palestras. Deste modo, esperamos poder congregar visões distintas mas complementares do enorme problema que vem insidiosamente se instalando nos lares de todas as famílias no mundo, a Doença de Alzheimer.

Um aspecto inovador nesse evento será o tempo dedicado ao debate: dedicaremos aproximadamente 1h15min à participação das pessoas através de perguntas, sugestões, depoimentos. Sabemos o quanto os familiares, cuidadores e pacientes demandam por informações. As famílias sentem-se sós e sobrecarregadas, além de abandonadas pelo poder público porque o SUS ainda não ampara adequadamente as inúmeras necessidades de saúde desse público tão especial (diagnóstico precoce, tratamento, reabilitação, convivência, atenção ao cuidador…). Deste modo, a opção que fizemos por um formato mais dialogado no evento fará com que o poder público tenha acesso às demandas do povo e possa ajustar e melhorar a oferta de assistência à saúde.

Discutimos que esse deverá ser o primeiro evento do ano, mas já alinhavamos em grupo a forte tendência por ampliarmos o acesso à informação sobre a doença à população em setembro, mês em que se desenvolvem atividades em torno do Dia da DA (21/09). Até lá, contamos com a participação das famílias, pessoas idosas, jovens, profissionais, enfim, todos os interessados por essa impactante doença degenerativa que reduz drasticamente a capacidade funcional global da pessoa por ela acometida e que abala toda a rotina familiar. Com mais participação, melhor poderá ser a oferta de eventos futuros nesse tema.

Esse post é uma prévia e serve para os leitores já reservarem a data na agenda. Profissionais, antecipem a novidade com seus pacientes! Mobilizem-se e mobilizem quem vocês conhecem!

XXIX Ciclo de Debates Município Saudável – Envelhecimento Ativo – Doença de Alzheimer

Data pré agendada: 20/05- 9h às 13h
Local: Câmara Municipal de São Paulo – Auditório Prestes Maia (capacidade para até 180 pessoas)

O evento é aberto ao público geral e haverá distribuição gratuita de material informativo. 

Licença Creative Commons
O trabalho Preparativos para evento sobre a Doença de Alzheimer na Câmara-SP de Renata Cereda Cordeiro foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Brasil.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em https://reabgeronto.wordpress.com/fale/.

5 Respostas para “Preparativos para evento sobre a Doença de Alzheimer na Câmara-SP

  1. Pingback: Síntese do encontro sobre a Doença de Alzheimer na Câmara Municipal de São Paulo | Resgatando a autonomia da pessoa idosa

  2. ROSELY TERESINHA ASSIS

    Caríssimos….Sou assessora do Deputado Rodrigo Moraes (Líder do PSC) e recentemente elaborei um Projeto de Lei sobre a fornação e capacitação do CUIDADOR DE IDOSOS. Tal projeto encontra-se em andamento e hoje foi encaminhado para a Comissão de Justiça da ALESP. Trata-se de um tema de extrema relevância, pois a profissão do CUIDADOR foi regulamentada somente em 2002.,,, Até hoje a profissão anda meio desprestigiada…Coloco-me à disposição e tenho certeza de que o deputado Rodrigo Moraes está extremamente feliz em ter apresentado tal propositura, pois, sendo um homem de Deus, está preocupado com um futuro mais digno para nós, nossos familiares e amigos. Esta é uma grande iniciativa e será de grande valia à população idosa e aos profissionais que se especializam em cuidar de idosos, trazendo ao portador de doenças senis sua inclusão à sociedade, proporcionando uma melhor qualidade de vida…. Abraços….. Entrem em contato na Liderança do PSC – ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE SP.
    3º ANDAR – SALA 3114 – TELEFONES: 3886.6064 3886.6065

    Rosely Teresinha Assis – 9.7653.9969

    • Rosely, não tenho dúvida de que sua participação no debate iluminará muito essa delicada questão que paira sobre o papel profissional do cuidador. Discutimos em nossa reunião preliminar o quanto os cuidadores estão se sentindo afetados negativamente e estão vivenciando um período de grande temor pelo futuro e forte ansiedade em decorrência da aprovação da PEC das Domésticas. Eles têm procurado a Associação citada, bem como os familiares. Dúvidas e incertezas de todos os lados… Qualquer apontamento de avanços nesse campo profissional será bem-vindo. Acreditamos que o público debaterá muito esse tópico.

  3. Conhecemos bem as dificuldades em prestar cuidados aos idosos com Alzheimer, especialmente, quando é necessário dar seguimento aos casos dentro da rede pública de saúde.
    Excelente iniciativa e desejo um bom trabalho à vocês.

    • Sim, Juliana. Aliás, ninguém nos contou nada: vivemos as agruras de “devolver” para a rede básica de saúde os pacientes que estavam sob os cuidados especializados em Reabilitação Gerontológica. Nossa participação, enquanto reabilitadores, é fundamental para fortalecer essas ações junto ao poder público e informar os pacientes e familiares sobre esse trabalho para que possam cobrar das autoridades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s