Arquivo da tag: inclusão

I Simpósio Internacional de Estudos sobre a Deficiência

banner evento deficiencia

Acontece de 19 a 21 de junho o I Simpósio Internacional de Estudos sobre a Deficiência, realizado em parceria entre o Memorial da Inclusão, da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência; o Diversitas, Núcleo de Estudo das Diversidades, Intolerâncias e Conflitos – FFLCH/USP; e o Programa USP Legal, Comissão Permanente para Assuntos Relativos às Pessoas com Deficiência – USP.

Continuar lendo

Anúncios

Posicionamento da SBGG sobre o PL 4571/2008 que restringe o acesso cultural ao idoso

logo sbgg

Ontem a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) publicou em sua página no Facebook um posicionamento acerca do evidente retrocesso que ocorrerá caso seja definitivamente aprovado o PL 4571/2088 de autoria do Senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG). Ao acompanhar o projeto no site da Câmara dos Deputados – Atividade Legislativa, percebemos que somente neste ano ele já sofreu inúmeras intervenções, o que é sugestivo de tramitação em fase de resolução. E lembrando que já está marcada audiência pública no Senado com essa pauta na próxima segunda-feira, conforme já divulgado em post anterior.

A SBGG, então, veio a público solicitar, de modo fundamentado, petições de repúdio ao PL à Presidência da Câmara dos Deputados, Deputado Henrique Eduardo Alves, através do email dep.henriqueeduardoalves@camara.leg.br. Leia o conteúdo na íntegra:

Continuar lendo

Reatech 2013 começa hoje!

Clique na imagem para saber todos os detalhes da feira e eventos simultâneos

Clique na imagem para saber todos os detalhes da feira e eventos simultâneos

Já chegou o tão aguardado primeiro dia da XII Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade. Hoje e amanhã, as portas se abrirão às 13h e fecharão às 21h; sábado e domingo, a feira ocorrerá entre 10 e 19h. A exemplo dos anos anteriores, o local será o Centro de Exposições Imigrantes.

Este ano a organização do evento escolheu um urgente e oportuno chamado  para que se faça da inclusão uma realidade de fato em nossa sociedade. Com o tema “Desperte para a Inclusão”, a feira e seus eventos simultâneos – basicamente seminários, oficinas, fóruns, palestras e cursos – pretendem abranger inúmeras áreas temáticas de interesse para a Reabilitação e inclusão da pessoa com deficiência, tais como: lei de cotas, alfabetização em Braille, Paralimpíadas (termo que substituiu o Paraolimpíadas), sistemas posturais, terapia assistida por animais, tecnologia assistiva, Terceiro Setor, sexualidade, Espeleologia, Fisioterapia do Trabalho, dentre tantos outros.

O próprio texto introdutório da feira dá uma dimensão do tom do evento:

“A questão da inclusão não é apenas de direito, mas de exigência da realidade.

Por exemplo, a acessibilidade dos prédios públicos, que já deveria estar toda pronta, ainda está próximo do nada.

Os shopping centers estão em sua grande parte adaptados, mas as lojas ainda não se adequaram a essa realidade. Será que um cadeirante consegue testar roupas nos provadores?

A hotelaria tem destinado alguns quartos dentro da sua estrutura e faltam equipamentos adaptados.

Os aeroportos são um caos em termos de adaptação. O crescimento da malha aérea obriga a maioria dos voos de ser atendidos em terra, com sistema de transporte de ônibus e de escadaria para subir na aeronave.

Incrível que há hospitais com centros de reabilitação que não são acessíveis.

Enfim, chega de cobranças. Chega de promessas. Chegou a hora de a inclusão acontecer. Existem normas, legislações variadas e rigorosas.

Existem tecnologias e todas elas estão presentes na Reatech, pois os visitantes buscam em todas as edições as soluções nos estandes.

A hora é agora. Se a sua empresa tem tecnologias para acessibilidade, reserve já o seu estande e participe deste movimento pela INCLUSÃO JÁ!”

(Fonte: http://www.reatech.tmp.br/)

Pois bem, a hora é agora. A Gerontologia e os reabilitadores que atuam diretamente nesse campo também estão impacientes. Já estamos cansados também de ver esquecidos os interesses, necessidades e peculiaridades da população idosa com deficiências… Folheei diversas vezes o robusto caderno com toda a extensa programação do evento e não há nada que sequer aborde a existência de pessoas idosas. A população não está envelhecendo? Afinal, as ações em reabilitação no passado não conseguiram garantir maior longevidade às pessoas com deficiência? Como vêm envelhecendo as pessoas com deficiência? Não há massa crítica suficiente em nosso país para estudar essa questão?

A única tentativa que vi de discutir minimamente a questão do envelhecimento da pessoa com deficiência na programação foi a palestra anunciada sob o título “A vida adulta da pessoa com paralisa cerebral – desafios e conquistas constantes” que será ministrada pela jornalista de Santos “Sacha Band” hoje às 14h no Reasem (aberto ao público). O curso de duas horas que abordará a Espeleologia Adaptada emprega no próprio título dois termos questionáveis que bem que poderiam ser retificados: “portadores de necessidades especiais” e “melhor idade”. Quanto ao primeiro termo, sinceramente, já existem normas. Erro primário, portanto. Desde a Convenção Internacional sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência em 2007 já não emprega mais termos como “portador”, “necessidades especiais” e outras camuflagens. Aliás, vamos nos lembrar ainda que seus atos internacionais entraram em vigor no Brasil em 31/08/2008 e o Decreto nº 6.949 de 25 de agosto de 2009 promulgou a referida Convenção, tornando o cumprimento de seu texto, na íntegra, obrigatório.

Termo obsoleto: "portadores de necessidades especiais" Termo eufemístico: "melhor idade" Tudo isso num único título...

Termo obsoleto: “portadores de necessidades especiais”
Termo eufemístico: “melhor idade”
Tudo isso num único título…

Quanto ao segundo termo… Grande eufemismo que em nada contribui para a inclusão da pessoa idosa (sim, é esse o termo), apenas atrai e agrada aqueles com mais de 60 anos que estão ativos e bem dispostos ao consumo.

Concluo, então, que os reabilitadores ainda patinam quando a discussão é envelhecimento e demandas das pessoas idosas. Já participei do evento por diversos anos consecutivos e sempre vi poucas pessoas idosas transitando e pouca oferta de material informativo/produtos/serviços para esse público. Ao longo desses anos, à frente de um setor pioneiro de Reabilitação Gerontológica, conquistei alguns poucos espaços para palestras que encheram o auditório de profissionais que atuam com pessoas idosas, familiares e diversos interessados. Não haveria, portanto, demanda?

Não seria a hora de repensar mais uma vez a feira a alcançar mais um nível na difícil escalada da inclusão? Eu estarei lá.

Clique na imagem para acessar o catálogo completo do evento.

Clique na imagem para acessar o catálogo completo do evento.

__________________________

Licença Creative Commons

O trabalho Reatech 2013 começa hoje! de Renata Cereda Cordeiro foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Com base no trabalho disponível em https://reabgeronto.wordpress.com/2013/04/18/reatech-2013-hoje/.
Podem estar disponíveis autorizações adicionais ao âmbito desta licença em https://reabgeronto.wordpress.com/fale/.